19 fev 2015

Cafeína contra celulite e gordura localizada

Post by Kariana Neves at 12:56 on Beauté, Espaço Kariana Neves, Estética Corporal

Você sabia que a cafeína é um potente ativo contra a gordura localizada e celulite? Tenho maior prazer em compartilhar com vocês meu estudo de TCC que fiz ano passado (mas só agora veio a aprovação) para minha especialização em cosmetologia clínica no Instituto Maurício Pupo em Porto Alegre. Então, a cafeína quando usada tópicamente, ou seja, em forma de creme, possui uma potente ação lipolítica. O que seria isso: degradação das reservas de triglicerídeos para a produção de energia, e assim, serem mobilizados e projetados para a corrente sanguínea. De maneira rude, seria a “destruição das células de gordura”, como dizem por aí.. E também, reduz o tamanho do adipócitos (célula de gordura). É o máximo, né? O problema é que ela não tem uma boa permeabilidade na pele sozinha, por isso precisa de alguns outros agentes que ajudem-na a penetrar mais profundamente e assim, chegar na derme. Outra coisa interessante é a porcentagem utilizada, que varia de 0,1 até 8% segundo a ANVISA. Dessa maneira ela pode ser usada de forma segura, sem danos à pele.

‼️ Fiquem de olho: quanto maior a concentração de cafeína dentro de um produto, mais eficaz ele será. Porém, muitas vezes somos enganados com uma quantidade mínima desse ativo, que vem como o principal na frente do rótulo, e o restante é só hidratante e conservante. ‼️

Quando pensei na minha fórmula Home-care, tive vários cuidados para ter um produto de extrema qualidade e eficácia, dentre elas: cafeína a 7% e mais um monte de ativos bons que ajudam ela a fazer o trabalho bem feito na gordura e na celulite.

Quem for da área, e interessar, posso enviar meu estudo via e-mail. Título do TCC: Efeito do uso tópico da cafeína no tratamento de gordura localizada e celulite: uma revisão de literatura.

▶️ Envie para: kariananeves@hotmail.com ou deixe seu e-mail aqui nos recados. E vamos compartilhar informação da área para cada vez mais atendermos melhor!

Boa tarde,

Kariana Neves

Comment





  • * required