05 set 2011

Estrias vermelhas, e agora?

Post by Kariana Neves at 14:28 on Estrias, Momento LUX

Formação da Estria

O legal de se postar um assunto que existe bastante dúvida em tratamento são os e-mails e inbox que eu recebo perguntando sobre mais coisas. Viu gente? Podem me enviar dúvidas, eu gosto de responder.. Já que falamos sobre estrias brancas, nada mais justo do que falar sobre as vermelhas, certo?

Vamos lá. As estrias vermelhas surgem da mesma forma descrita no post anterior, elas são o primeiro sinal da estria branca. Antes de ficarem assim, nacaradas, elas ficam vermelhinhas, ou vermelhonas, em alguns casos, e amadurecem posteriormente para uma cor arroxeada. Em pouco ou muita quantidade, depende do local acometido, e de pessoa para pessoa.

Este é o caso em que a pele sofre o estiramento, porém, ainda existe sangue no local. Ainda está em processo de morte celular, então, ela continua preparando o “terreno” para ficar branca, com tal espessura e comprimento.

No processo de tratamento dela, nós temos como objetivo manter o máximo de tempo essa estria vermelha. Pois, quanto mais sangue existe neste local, mais tempo teremos para fazer com que, quando fique branca, ela se forme mais amena, fina e de menor comprimento. Isso nós só teremos quando nossos fibroblastos (células que formam o colágeno) estiverem ainda vivos, o que representa aquele local da estria cheio de sangue.
Não sei se fui clara! Quaisquer dúvidas me comuniquem!!

Portanto tratamentos caseiros seriam:

- uso de uma bucha vegetal no local, estimule (pode ser no banho) a região até ficar com leve vermelhidão, não esfreguem muito, senão, lesionará esta pele. Assim, estará estimulando o sangue na região, para fazer uma nova cicatrização;

- pode-se fazer esfoliação no local, porém 1 á 2x por semana. Não mais que isso pois a pele ficará lesionada também. Estará estimulando o sangue na região, para fazer uma nova cicatrização;

- Existem no mercado alguns cosméticos capazes de trabalhar nesta fase, como o Argentino Estrianon, que pode ser encomendado em lojas de importados, ou quem viajar deve encontrar em farmácias; E aqui por Floripa, existe uma farmácia chamada Alana May que produz um óleo com base na formulação no Estrianon Argentino, porém com algumas propriedades a mais, como o VEGELIP®, que está no Composto Anti-Estrias dessa farmácia. Tanto o Estrianon como o Vegelip, possuem um blend de lipídios vegetais, altamente emoliente e nutritivo, rico em ácidos graxos essenciais, Ômega-3, Ômega-6 e Ômega-9 (61%), que atuam na regeneração cutânea. Ele contém na sua fórmula Lipídios do Buriti, Oliva, Cártamo, Rosa Mosqueta, Vit. A, Vit. E., recomendo às minhas pacientes, tanto para aquelas que querem prevenir, ou tratar esta fase.

Agora tratamentos em Consultório:

- Beliscos de Jaquet, massagem com as pontas dos dedos para a preparação do tratamento, e trazer a circulação de volta pra o local da estria;

- Ventosas, como a endermoterapia, também com o intuito de trazer sangue para o local;

- Ionização: para quem utiliza, com substâncias de silício orgânico;

- Peelig químico, como ácido glicólico, para renovação celular;

- Peeling de Diamantes e Cristais para renovação celular, e ativação da circulação sanguínea;

- Laser, que aumenta o metabolismo e produz novas células;

- Ultra-som, que tem efeito estimulador de colágeno e elastina, porém este há controversa.

Entretanto, não esqueçam! Nada melhor do que elaborarmos um sistema PREVENTIVO, ou seja, uma boa alimentação, hidratação cutânea diária, água, MUITA água, evitar banhos quentes, sol em excesso (ressecam a pele), e esportes de alto impacto, são alguns dos cuidados que podemos ter para prevenir essas estrias.

Gostaram?

4 Comentários | Add yours »

  1. set 05, 2011 @ 16:10 {Responder}

    Adoreiiiii!!

    Kari, tirasse todas minhas dúvidas a respeito desse assunto!

    Beijinhos, o blog tá ótimo!!

  2. Thalia
    nov 04, 2011 @ 21:24 {Responder}

    Oi Kariana, gostaria de saber se os tratamentos caseiros são capazes de curar a estria vermelha 100%

    Gostei bastante do blog hein, me ajudou muito! hehe
    Beijooos

    • Kariana Neves
      nov 07, 2011 @ 00:57 {Responder}

      Oi Thalia, os tratamentos caseiros podem sim trabalhar as estrias. Curar é bem difícil, por se tratar de um caso onde a pele, uma vez estirada, não volta mais ao que era. Mas pode sim amenizar bastante o caso.
      Obrigada pelo recadinho. Att., Kariana.

  3. luana
    dez 08, 2011 @ 20:57 {Responder}

    ooi, gostaria de saber como faço pra comprar o vegelip, só se compra com receita?
    irei colocar silicone, preciso muito dele

Comment





  • * required